Entrevistas sobre o negócios, marketing, cultura, entretenimento e muito mais…

Espanha 1982

Futebol força predomina na terra das touradas – força física, disciplina e tática deram olé no futebol arte.

Argentina 1978

Parece regra! Donos da casa erguem a taça. Foi uma copa conturbada – protesto contra a ditadura militar, suspeita de jogo armado e título para a Argentina.

Antonio Carlos Rebesco :: De olho na TV – Marketing

Premiado diretor de TV, ganhou diversas vezes o APCA de melhor direção, Antonio Carlos Rebesco foi o responsável por transmissões espetaculares de shows como os do “Hollywood Rock”, “Free Jazz Festival” e “Festival de Montreaux”, sem falar dos programas de dança e teatro como o “Corpo de Baile” (pela TV Cultura) e “Teatro na TV” (para o Ministério da Cultura). Em entrevista a Deborah Izola, o diretor, mais conhecido como Pipoca, fala sobre o começo de sua carreira. Pipoca faz, ainda, uma ampla análise da televisão, desde o período em que a TV Paulista iniciou seu processo de transformação em poderosa TV Globo aos dias atuais em que o meio é um criador, sem igual, de celebridades.

Laranja Mecânica

Holandeses fizeram história sem levar a taça – muita marcação e sem posicionamento pré-definido. Assim, a seleção holandesa chegou como favorita na Copa de 74. Não levou, mas entrou para a história.

Alemanha 1974

Donos da casa são os donos do título – Nem futebol arte, nem favoritismo. Com a bola em jogo, a Alemanha de Backenbauer, levou a Copa.

De olho no juiz

Fifa muda regras e adota cartões – a Copa vai para a televisão e os árbitros ganham novas armas para garantir a lealdade em campo.

México 1970

A taça do mundo é nossa – em plena ditadura brasileira, o rigor, a determinação e os militares influenciaram na conquista até então inédita.

Mané Garrincha

As pernas tortas que encantaram o mundo – a arte no futebol foi eternizada nos pés de Garrincha. Um dos maiores astros do futebol brasileiro encantou com dribles desconcertantes na Copa de 62.